Museu de Minerais, Minérios e Rochas Heinz Ebert

Museu de Minerais, Minérios e Rochas Heinz Ebert

Banco de Dados

Por letra do alfabeto
Baixar em PDFBaixar em PDF

AMBLIGONITA (Amblygonite)

Categoria

Minerais

Classe

Fosfatos

Fórmula

LiAl(PO4)(F,OH) ou (Li,Na)Al(PO4)(F,OH)

Sistema

Triclínico

Classe cristalográfica

Pinacoidal (Pinacoidal)

Hábito

Normalmente constitui massas maciças, grossas, colunares, compactas, susceptíveis de clivagem. Os cristais são raros, prismáticos, quase equidimensionais com desenvolvimento complexo, mal formados quando grandes. Possui geminação múltipla. Geminação polissintética microscópica é comum.

Clivagem

Quatro direções de clivagem, uma direção de clivagem perfeita {100}, uma boa {110}, uma distinta {0̅11} e uma imperfeita {001}

Fratura

irregular, subconchoidal

Cor

Azul, Verde, Branco, Amarelo, Salmão, Incolor, Cinza, Bege

Dureza: moderada

5,5 6,0

Densidade: Pesado

3,04g/cm3 3,11g/cm3

PROPRIEDADES ÓTICAS

Cor em lâmina

Incolor

Pleocroísmo

ausente

Relevo

moderado positivo (+), fraco positivo (+)

  • α = 1,577-1,600
  • β = 1,590-1,620
  • γ = 1,596-1,630

Caráter ótico

Biaxial

Sinal ótico

positivo (+), negativo (-)

Gênese

Mineral relativamente raro encontrado em pegmatitos graníticos, e em veios e greisens de alta temperatura.

Minerais com os quais ocorre associado

Ocorre associado à lacroixita, apatita, litiofilita, espodumênio, lepidolita, petalita, polucita, turmalina (pegmatitos); cassiterita, topázio, mica (greisens).

Birrefringência: moderada

0,019 0,030

Ângulo 2V

50° 129°

Dispersão

r > v, Cruzada, Fraca

Diafaneidade

Transparente, Translúcido

Traço

Branco

Brilho

nacarado, vítreo

Solubilidade

  • em água:Não
  • em HCl:Sim
  • É praticamente insolúvel em ácidos, dificilmente solúvel em HCl, quando pulverizada é lentamente solúvel em HCl a quente.
  • em H2SO4:Sim
  • Higroscopia:Não

Escala de Fusibilidade

2

  • DeliquescênciaNão
  • RadioativoNão
  • SaborNão
  • MagnéticoNão