Museu de Minerais, Minérios e Rochas Heinz Ebert

Museu de Minerais, Minérios e Rochas Heinz Ebert

Blog

06/04/2018

José Bonifácio, o pai da mineralogia no Brasil

Tags: , ,

por Isabella de Oliveira Franco

 

Naturalista, poeta e estadista conhecido como “Patriarca da independência”, José Bonifácio de Andrada e Silva foi uma das figuras mais importantes no cenário de independência do Brasil, porém sua jornada não se resume apenas ao campo político. José Bonifácio foi extremamente brilhante em áreas como a mineralogia, que é o que nos interessa por aqui.

Em 1790 Bonifácio realizou uma excursão científica pela Europa, às custas do Real Erário, afim de adquirir conhecimentos a cerca de mineralogia, filosofia e história natural. Diversos locais como França, Saxônia e Itália fizeram parte da sua jornada de aprendizado, tendo sido aluno de Abraham Gottlob Werner e onde fizera muitos amigos naturalistas, como Alexander von Humboldt por exemplo, que também são reconhecidos nos dias de hoje.

Após ter aprimorado seus conhecimentos, o ápice de seus estudos se deu na Suécia e Noruega, onde visitou usinas de ferro e prata e escreveu a memória de suas observações que posteriormente fora publicada em francês e inglês.  No documento ficou registrada a descrição física e química de 4 novos minerais nunca estudados e 8 já conhecidos, tornando Bonifácio o descobridor da petalita, espodumênio, criolita e escapolita, sendo que a petalita posteriormente possibilitou a descoberta do elemento lítio, tornando José Bonifácio o único brasileiro a descobrir (indiretamente) um elemento químico (a descoberta oficial se deu 17 anos depois, mas graças ao mineral encontrado por Bonifácio).

Mineral petalita – Amostra do Museu Heinz Hebert

Por suas descobertas em um momento importante para a mineralogia, em 1800 José Bonifácio passou a pertencer a um grupo seleto de mineralogistas reconhecidos e em 1868 teve sua jornada homenageada pelo mineralogista J. Dana ao conceder o nome Andradita (em alusão ao sobrenome Andrada) à granada de ferro e cálcio.

Obviamente as contribuições científicas de José Bonifácio vão muito além do que foi abordado neste texto, sendo que de um modo geral sua história é extremamente impressionante e inspiradora. Portanto, seguem as sugestões para aprimorar seu conhecimento em mineralogia e para matar a curiosidade sobre esse personagem brilhante:

  • Filme “O Fundador do Brasil”

No momento de publicação deste artigo, este filme que promete contar a biografia de José Bonifácio ainda não foi lançado, porém através do link abaixo é possível acompanhar a produção do mesmo, assim como assistir aos teasers.

http://bonifacio.ofundadordobrasil.com.br/

  • Livro “Juro-lhe Pela Honra de Bom Vassalo e Bom Português ” – uma analise das memorias cientificas do ilustrado Jose Bonifácio de Andrada e Silva (1780-1819) – Alex Gonçalves Varela.

O nome é bem sugestivo, mas vale mencionar que o livro é fruto de uma dissertação do autor.

Tenha um bom aprendizado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *