Museu de Minerais, Minérios e Rochas Heinz Ebert

Museu de Minerais, Minérios e Rochas Heinz Ebert

Blog

07/09/2017

A roda – Um curta-metragem para entender o Tempo

Tags: , ,

por Cibele Montibeller

 

O curta-metragem de animação “A Roda” (Das Rad, no original alemão), um filme de Chris Stenner, Arvid Uibel e Heidi Wittlinger, produzido por Georg Gruber, é uma daquelas produções que ninguém deveria passar sem assistir. Ela trata de maneira única a relação entre o tempo que o homem percebe e o tempo geológico, mostrando o quanto as mudanças que a sociedade perpetra afetam (ou não afetam) a arquitetura do planeta Terra.

Os personagens principais são dois conjuntos rochosos que observam a evolução de um agrupamento humano nas colinas, tecendo comentários sobre sua percepção acerca do que ocorre com a sociedade. Humanos e outros agrupamentos rochosos interagem com os personagens, proporcionando uma visão de três escalas de tempo: o tempo social, perceptível em nossa escala de vivência; o tempo natural, no qual a paisagem evolui através das plantas e animais, e o tempo geológico, persistente acima dos tempos social e natural.

No fim, resta uma sensação de desamparo com relação às mudanças do Tempo: o homem como indivíduo, e o homem como ser social, por mais que evolua e modifique seu ambiente, modifica pouco, ou mesmo em nada, aquilo que a dinâmica do planeta construiu em 4,5 bilhões de anos. A sensação de impotência frente aos processos geológicos é inevitável.

Fica a dica para as entusiastas da Geologia e para os educadores em geociências: este curta-metragem, muito além de seus 8 minutos de duração, pode render horas de discussões sobre o Tempo e sobre nosso papel na evolução da Terra, demonstrando diferentes pontos de vista que podem (e devem!) ser discutidos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *